SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia DDT – Comissão Nacional dos Intoxicados ganha reforço de filiados do Sindsef na luta pela PEC 101 – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
domingo , setembro 25 2022
Home / Notícias / Destaque / DDT – Comissão Nacional dos Intoxicados ganha reforço de filiados do Sindsef na luta pela PEC 101

DDT – Comissão Nacional dos Intoxicados ganha reforço de filiados do Sindsef na luta pela PEC 101

Em reunião virtual realizada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia – Sindsef/RO, nesta quarta-feira (8/6), servidores da ex-Sucam elegeram integrantes para reforçar os trabalhos da Comissão Nacional dos Intoxicados que tem intensificado a luta pela instalação de Comissão Especial na Câmara para aprovação da Proposta de Emenda Constitucional – PEC 101/2019, iniciada em Rondônia com apoio do deputado federal Mauro Nazif.

Os diretores Abson Praxedes (Jaru) e Almir José (Porto Velho) foram reconduzidos a Comissão que passa ser integrada pelo filiado José Geltrude Valério da Silva Souza (Espigão do Oeste), como membros titulares. Os filiados Amarildo Barroso de Brito (Porto Velho), Ailton Miranda da Silva (Ji-Paraná) e Francisco de Araújo Fernandes (Guajará-Mirim) foram eleitos membros suplentes da Comissão Nacional.

A PEC 101/2019 busca a concessão de plano de saúde aos servidores da extinta Superintendência de Campanhas de Saúde Pública (Sucam), contaminados por Dicloro-Difenil-Tricloroetano (DDT) e outros inseticidas no exercício das atividades profissionais.

Mais de 60 filiados representando diversos municípios, dirigentes das Coordenações Regionais e da Diretoria Executiva participaram da reunião, conduzida pelos secretários diretores Abson Praxedes (Secretário-Geral do Sindsef/RO e coordenador da Comissão Nacional dos Intoxicados da Condsef) e Almir José da Silva (Secretário de Saúde do Sindsef/RO).

O presidente do Sindsef/RO, professor Mário Jorge saudou os filiados e reafirmou o compromisso da gestão para assegurar apoio na luta pela aprovação da PEC 101. “Essa gestão assegurou o fundo de reserva para a luta e nesses momentos usar para garantir as conquistas dos filiados. O Sindsef não hesitará em mandar representantes à Brasília para acompanhar o desenrolar da PEC 101, que é a proposta mais humana que se pode ter nesse momento, nesse cenário em que os ex-sucanzeiros sofrem com sequelas do manuseio do DDT”, considerou.

Abson Praxedes esclareceu o papel da comissão nacional, criada em 2016, para organizar a luta das entidades de base em todos os estados em prol da reparação de direitos dos servidores intoxicados por DTT. Sobre a recomposição da Comissão, Abson informou que a função dos três membros eleitos na reunião, será de mobilizar seus municípios, noticiar para a categoria a tramitação da PEC 101 e outras necessidades.

O secretário de Saúde, Almir José afirmou que tem observado que os servidores estão mais atentos à importância da mobilização para buscar a aprovação da PEC 101. Segundo ele, outros estados estão abraçando a causa na certeza de que estamos no caminho certo. A PEC 101 é uma reparação aos danos causados pelo DDT.