SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia Diretores do SINDSEF cobram transposição dos Ex-Territórios em Brasília – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
quarta-feira , agosto 10 2022
Home / Notícias / Diretores do SINDSEF cobram transposição dos Ex-Territórios em Brasília

Diretores do SINDSEF cobram transposição dos Ex-Territórios em Brasília

Os diretores do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia (SINDSEF-RO), Flávia Hiromi Takahashi (secretária de Finanças), Francisco Torres (secretário do Ex-território), Herclus Coelho (secretário de Formação Sindical e Ildo Mossui (coordenação de Ji-Paraná), acompanhados do senador Valdir Raupp estiveram em Brasília nesta semana para, entre outros assuntos, cobrar a conclusão do processo de transposição dos servidores dos Ex-território.

A comitiva foi recebida pela presidente da Comissão da Transposição dos Ex-Territórios Federais, Flávia Batista. Ela informou que dos 7 mil servidores que tiveram seus processos deferidos, apenas 3.282 foram transpostos para o governo Federal. A meta é concluir a transposição até dezembro próximo.

Segundo Flávia Batista, o que vem atrasando a transposição são as falhas na documentação dos servidores como erros nos dados bancários, inexistência de CPF e até de endereço para envio de notificações, via Correios. Quando se identifica um erro, no mínimo, o processo do servidor atrasa em média 30 dias, informou a presidente da Comissão dos Ex-Territórios Federais.

Ela explicou que o processo de transposição seguem 3 etapas: a) enquadramento – identificação do servidor – cargo, escolaridade, dados bancários); b) notificação – comunicação oficial sobre o enquadramento e, por último, publicação de portaria para inclusão do servidor na folha do governo federal.

De acordo com o secretário de Ex-Território do SINDSEF/RO, Francisco Torres, o objetivo da visita foi cobrar maior celeridade da transposição dos servidores bem como alguns direitos pontuais das categorias funcionais, como professores, motoristas e administrativos, que foram transpostos, porém não estão recebendo os mesmos benefícios de outros servidores já pertencentes ao quadro federal.

“O SINDSEF esta atuando junto ao setor de análise de processo da transposição para cobrar a real efetivação do beneficio e observando o cumprimento do que a legislação determina. Esperamos que seja realmente cumprido os prazo estabelecidos pela própria comissão que deu esperanças de que até ao final do exercício de 2017, estará cumprido todo processo de enquadramento dos servidores na transposição”, disse o secretário.

Objetivando corrigir as falhas, o senador Raupp pediu uma aproximação maior entre as Comissões da Transposição em Brasília e em Rondônia, visando concluir a transposição porque ninguém suporta mais tanto atraso. Ele também pediu que os sindicatos envolvidos com a transposição participem dessa força-tarefa para corrigir as falhas na documentação enviada a Brasília visando concluir a transposição.

Com informações da assessoria