SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia Diretores do Sindsef e da Condsef vão ao Ministério da Saúde cobrar incorporação de planos econômicos – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
terça-feira , setembro 27 2022
Home / Notícias / Noticias da semana / Diretores do Sindsef e da Condsef vão ao Ministério da Saúde cobrar incorporação de planos econômicos

Diretores do Sindsef e da Condsef vão ao Ministério da Saúde cobrar incorporação de planos econômicos

Diretores do Sindsef, Daniel Pereira e Abson Praxedes, acompanhados pelo Coordenador do Sindsef em Machadinho, Vereador João Airton (PMDB), além do Diretor da Condsef, José Alves, atual presidente do Sindicato dos Servidores Federais do Paraná e também filiado ao Sindsef, foram até o setor de recursos humanos do Ministério da Saúde para cobrar a reincorporação do Plano Verão (26,05), que foi retirado recentemente dos contracheques dos servidores, mas já há determinação judicial para sua manutenção.

No Ministério da Saúde os representantes sindicais fora recebidos pela chefe do setor de recursos humanos que informou o procedimento adotado pela instituição para reincorporar valores, somente fazendo-o após análise de seu setor jurídico, o que está ocorrendo no presente momento, criando expectativa de retorno do citado plano econômico no pagamento do mês de maio/2013, com pagamento retroativo dos valores referentes à incorporação que deveria ser paga no mês de abril.

Os diretores do Sindsef argumentaram que a sentença judicial que determinou a reincorporação do Plano Verão aplicou multa diária no valor de R$ 1.000,00 (um mil reais) diário para cada servidor, que passará a contar após o dia 02.05.2013, quando os servidores ficarão frustrados com a ausência dos valores incorporados em seus contracheques, sendo que haverá pedido de aumento do valor da multa por parte do advogado do Sindsef pelo descumprimento da decisão judicial.

A preocupação da Diretoria do Sindsef, quanto ao Plano Verão, passa a ser agora com os servidores que não possuem decisão judicial para manutenção, cujos nomes não constam da inicial do processo já concedido antecipação de tutela, embora tenham enviaram documentos para ajuizamento da ação, conforme relação abaixo, que consta o número do oficio e data de envio dos citados documentos para o escritório de advocacia do Dr. Neórico. A Diretoria do Sindsef estará discutindo com o advogado da causa uma saída judicial que dê melhor solução para a situação.

A Diretoria do Sindsef informa também que os filiados que possuem Plano Collor, cuja origem seja o processo dos servidores da antiga Fundação Sesp, já possuem decisão para a manutenção dos respectivos valores em seus contracheques.

Por fim, o Sindsef reitera a informação que somente os servidores que adotarem os procedimentos solicitados pelo sindicato (preenchimento de procuração e pagamento de valores ao advogado) serão beneficiados com ações para manutenção dos respectivos planos econômicos incorporados.

 

CLIQUE AQUI E CONFIRA A LISTA DE SERVIDORES