SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia Diretoria Executiva e Delegados participam em Brasília de reunião do CDE e plenária da Condsef para discutir estratégias e anunciam greve geral – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
domingo , novembro 27 2022
Home / Notícias / Diretoria Executiva e Delegados participam em Brasília de reunião do CDE e plenária da Condsef para discutir estratégias e anunciam greve geral

Diretoria Executiva e Delegados participam em Brasília de reunião do CDE e plenária da Condsef para discutir estratégias e anunciam greve geral

 

Os diretores executivos do Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Rondônia (Sindsef), participaram em Brasília de vasta programação onde foram definidas estratégias de combate a política opressora do presidente Temer. Participaram 19 integrantes e lideranças sindicais do Estado de Rondônia.

 

Ficou decido por votação na plenária que haverá a greve geral de servidores marcada para o dia 11 de novembro para poder barrar as estratégias nefastas do atual governo.

Houve ainda a reunião dos representantes de 20 estados e o DF que participaram do Conselho Deliberativo de Entidades (CDE) da Condsef/Fenadsef tratando de assuntos ligados aos problemas relacionados com a categoria e estratégias de ação.

abson

No sábado, 16, o Sindsef e demais entidades sindicais, participou de plenária nacional da categoria. Representantes de diversos setores do serviço público de todo país discutiram estratégias de combate a política que está sendo imposta e implantada em velocidade alarmante pelo governo Temer.

Na plenária, o sindicalista Herclus Coelho esclareceu que é muito importante a construção de uma greve dos servidores públicos federais para partirem para uma greve geral contra a atual política de governo.

Veja o vídeo:

O presidente da entidade, Abson Praxedes disse que nas reuniões da Condsef, o sindicato discutiu o enfrentamento desse momento desastroso em que o governo federal está impondo a sociedade brasileira.  Disse ainda que as entidades sindicais, precisam sair do processo de adormecimento e encontrar um caminho para uma luta mais eficaz.

Veja o vídeo:

Segundo os diretores, do final de 2016 até agora, além da aprovação da Emenda Constitucional (EC) 95/16 que prevê congelamento de investimentos públicos por pelo menos 20 anos, ataques constantes que enfraquecem setor público seguem acontecendo: Privatizações, programa de demissão voluntária, demissão por insuficiência, terceirização, redução salarial e progressões ainda mais lentas em carreiras já com deficiências. O Sindsef desaconselha o servidor público federal a aderir ao PDV, porque o governo além das pegadinhas que colocou no Decreto para atrair os servidores, já provou no passado que não resolve o problema do país e nem do próprio servidor.

Na plenária, foram discutidos assuntos ligados a lista infindável de ataques e o entendimento é que precisa ser interrompida com a mobilização e organização dos servidores e de toda classe trabalhadora garantindo a resistência e reversão desse quadro desfavorável.

Nos meses de outubro e novembro já estão apontadas outras atividades. No dia 3 de outubro um ato em defesa da Petrobrás e da soberania nacional concentrado no Rio de Janeiro. E no dia 11 de novembro Brasília deve sediar um ato pela anulação da antirreforma trabalhista.

Uma comissão formada pelas secretárias do SINDSEF/RO, Eliete Azevedo (Aposentados e Pensionistas), Eva Bezerra (Capital e Interior), Joana Darc dos Santos Lima (Assuntos Jurídicos), juntamente com a delegada de Pimenta Bueno, Ana Bastos, visitaram gabinetes , em busca de apoio junto a Bancada Federal para a efetivação da lei que assegura a gratificação de titulação – RSC (Reconhecimento de Saberes e Competência) aos professores do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico dos Ex-Territórios de Rondônia, Roraima e Amapá e maior agilidade nos processos dos servidores contemplados com a transposição para o quadro federal.

 

IMG_6314

ivan

Outras atividades do Sindsef foram realizadas em Brasília com as diretoras executivas, onde trataram da Portaria RSC que beneficia os professores:

Veja os vídeos:

Mais vídeo:

Fonte: www.nahoraonline.com.br

Carlos Terceiro

Jornalista