SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia Greve dos servidores do INSS em Rondônia completa 15 dias e conta com apoio do SINDSEF – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
domingo , setembro 25 2022
Home / Notícias / Destaque / Greve dos servidores do INSS em Rondônia completa 15 dias e conta com apoio do SINDSEF

Greve dos servidores do INSS em Rondônia completa 15 dias e conta com apoio do SINDSEF

A greve dos servidores do INSS completa 15 dias nesta quarta-feira (06), com adesão em 23 estados e Distrito Federal. Em Rondônia, os servidores contam com o apoio do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia – Sindsef/RO com suporte técnico e jurídico. O movimento grevista tem realizado atos em frente a agência da Previdência Social do bairro Embratel, em Porto Velho, onde estão sendo concentrados os atendimentos aos usuários com agendamento. A greve também ganhou reforço no dia 30 de março, com a paralisação dos médicos peritos. Mesmo assim, o governo federal ainda não sinalizou resposta.

Pauta de reinvindicação do servidores:

– Equiparação salarial imediata com a tabela dos servidores do INSS, com a concessão de Plano de Carreira;
– Jornada de 30h para todos, sem redução salarial e sem turnos;
– Condições de trabalho e abertura de debate sobre assédio moral;
– Concursos públicos para todos os níveis;
– Gratificação/indenização para cobrir gastos pelo teletrabalho, tais como: internet, energia elétrica, materiais, equipamentos, dentre outros (compensação pelo custo de manutenção em substituição à estrutura do estado);
– Abertura de debates com o Ministério do Trabalho sobre a regulamentação da Portaria Conjunta SE/SPREV/STRAB/MTP Nº 1, de 10 de março de 2022 (trabalho remoto).

“A greve do INSS não passa apenas por questões salariais, acima de tudo ela é contra a forma de gestão adotada pelo INSS, que adoece, massacra e penaliza os servidores e, consequentemente, toda sociedade”, disse do Sindsef/RO, Mário Jorge Sousa de Oliveira. Segundo o presidente, a luta do INSS é a mesma bandeira por recomposição salarial de 19,99%, por melhores condições de trabalho e concursos públicos, que estão sendo requeridos por todos o funcionalismo público federal.

No início desta semana, a Comissão Nacional de Negociação, que representa os servidores do quadro de pessoal do Ministério do Trabalho e Previdência, em greve por tempo indeterminado, protocolou junto ao Ministro do Trabalho e Previdência Social, ofício solicitou do governo federal, a Instauração do Processo de Negociação referente à pauta de reivindicação dos servidores.

 

Sindsef Informa – Comissão de greve do INSS solicita do governo instauração do Processo de Negociação

Presidente do Sindsef comparece ao movimento de greve dos servidores do INSS

Servidores do INSS em Rondônia aderem greve nacional com apoio do SINDSEF