SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia INCRA começa receber currículos de servidores da transposição – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
sábado , dezembro 10 2022
Home / Notícias / Destaque / INCRA começa receber currículos de servidores da transposição

INCRA começa receber currículos de servidores da transposição

A Superintendência Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária no Estado de Rondônia – INCRA/RO deu início nesta segunda-feira (10), ao período de recebimento de currículos dos servidores do Ex-Território Federal de Rondônia transpostos para o quadro federal, que tenham interesse em serem cedidos ao instituto. Tal medida visa à reposição de força de trabalho da Superintendência que atua com déficit no quadro de servidores.

No mês de setembro, o Governo Federal autorizou o Instituto a receber os servidores transpostos e com isso, suprir com a necessidade de servidores no INCRA, possibilitando assim, uma atuação mais efetiva, nas áreas de conflito agrário em Rondônia.

_dsc0650-800x530

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia – Sindsef, Daniel Pereira, em reunião com o superintendente do INCRA/RO, Cletho Muniz de Brito e com o presidente da ASSINCRA (Associação dos Servidores do Incra), Wilton Marques, no último dia 4 de outubro, confirmou que o Sindsef vai apoiar a INCRA na mobilização dos servidores transpostos, através de campanha de convocação e divulgação da possibilidade nos meios seus meios de comunicação e na imprensa.

O sindicato irá ainda realizar um levantamento dos servidores interessados e que atendam ao perfil, nos municípios onde o INCRA possui unidades, ou seja, em Buritis, Porto Velho, Guajará-Mirim, Ariquemes, Machadinho do Oeste, Ji-Paraná, Pimenta Bueno e Colorado do Oeste, conforme solicitado pelo INCRA, em documento denominado “ESTUDO DA FORÇA DE TRABALHO”. Clique para conferir anexo.

Considerando a déficit, o INCRA não impôs limite no número de servidores a serem aproveitados pelo órgão. No entanto, atenta-se para os perfis de interesse: servidores de Nível Superior e de Nível Médio das áreas técnicas de engenharia agrônoma, engenharia agrícola, engenharia civil, engenharia florestal, cartografia e geoprocessamento, geólogos, georreferenciador, técnicos agrícolas, técnicos de cadastro rural, técnico de administração, desenhistas, contabilidade, psicologia, letras, direito, informática, motoristas, entre outros.