SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia Por intermédio do Sindsef, Comando de Greve do INSS têm audiência no Ministério da Previdência – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
domingo , setembro 25 2022
Home / Notícias / Por intermédio do Sindsef, Comando de Greve do INSS têm audiência no Ministério da Previdência

Por intermédio do Sindsef, Comando de Greve do INSS têm audiência no Ministério da Previdência

O Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia – Sindsef/RO intermediou na quarta-feira (27), reunião dos servidores do Comando de greve do INSS, com o deputado federal, Mauro Nazif para buscar apoio do parlamentar para uma audiência junto ao Ministério de Trabalho e Previdência, com objetivo de fazer um apelo para que não haja corte dos pontos dos servidores que aderem a greve. Participaram da reunião, o secretário Geral do Sindsef/RO, Abson Praxedes e os servidores do INSS, Daniel Emmanuel, Kellen Gunter e Tiago Vinicius.

De pronto, Nazif solicitou audiência junto ao Ministro de Estado do Trabalho e Previdência, José Carlos Oliveira, para tratar da greve dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS. Por volta das 20 horas, o ministro recebeu a comitiva do INSS e sinalizou positivamente pela instalação da mesa de negociação com os servidores.

O Comando de Greve apresentou três reivindicações principais: abertura de concurso público para a contratação imediata de servidores, suprindo a escassez de pessoal, o que reflete no aumento do tempo de espera dos processos; a reestruturação do sistema de metas e o pagamento dos dias parados, a contar de 23 de março de 2022.

“É urgente resolver a questão, tanto dos servidores do INSS, como dos trabalhadores brasileiros que perderam direitos quanto aos valores e ao tempo de contribuição após a reforma da previdência e agora não estão conseguindo os benefícios do INSS que lhes são de direito”, disse Nazif.

Também por intermédio do Sindsef, o Comando de greve esteve em reunião com a assessoria do Senador Marcos Rogério, que teve como resultado uma audiência com Secretária de Previdência, Marina Battilani. Reunião com o objetivo reiterar o pedido de não desconto dos dias de greve.