SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia Portaria confirma nomeação de novo presidente da CEEXT com manifesto de cobrança do Sindsef – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
quinta-feira , agosto 19 2021
Home / Notícias / Destaque / Portaria confirma nomeação de novo presidente da CEEXT com manifesto de cobrança do Sindsef

Portaria confirma nomeação de novo presidente da CEEXT com manifesto de cobrança do Sindsef

Um novo capítulo começa a ser escrito na transposição dos servidores de Rondônia. Portaria do Ministério da Economia publicada nesta quinta-feira (19/08), no Diário Oficial da União, confirma a nomeação de Amado José Bueno Netto, como novo presidente da Comissão Especial dos Ex-Territórios Federais de Rondônia, do Amapá e de Roraima – CEEXT, responsável pela análise, julgamento de requerimentos de opção dos servidores e enquadramento nos processos de transposição. A portaria também traz a nomeação dos novos membros da Câmara de Julgamento – Rondônia.

A nomeação de Amado José Bueno Netto é fruto também da manifestação do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia – Sindsef/RO, em julho deste ano, quando foi encaminhado à vice-liderança do governo, senador Marcos Rogério, mensagens indicando o nome de Amado Bueno.

De acordo com o presidente do Sindsef/RO, Mário Jorge Souza de Oliveira, Amado Bueno é servidor de carreira e em outros momentos já apresentou resultados de destaque na solução de problemas relativos aos professores, quanto a concessão do direito ao Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT), dedicação exclusiva, gratificação de Reconhecimento, Saberes e Competências (RSC) e ainda, apresentou solução para problemas dos militares de Rondônia e dos outros dois estados, deixando um legado de bom atendimento e competência nas respostas, tudo em conformidade com os dispositivos legais e regulamentares.

“Amado reúne o potencial técnico e jurídico, capaz de conduzir com competência e rapidez o trabalho da Comissão e apresentar as respostas as diversas questões importantes aos servidores de Rondônia”, afirma o Mário Jorge.

ENTENDA PORQUÊ A TROCA PODE FAVORECER RONDÔNIA

Rondônia tem questões travadas que precisam urgentemente de solução, dentre elas:

– A correção da classe de servidores de NA para NI -enquadramento feito de forma incorreta sob a tutela de gestora indicada por um político de Roraima entre 2017 e 2018 – somente nesta situação temos 1.772 servidores;

– Enquadramento de professores leigos – direito que a lei 13.681 não veda, mas a Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal retirou a possibilidade de transposição por meio de nota técnica;

– Enquadramento de professores do ex-Território no plano de carreira do EBTT;

– Enquadramento dos funcionários das empresas públicas que está parado e os trabalhadores da CERON já tem pedidos negados;

– Direito a enquadramento dos servidores federais na carreira policial civil – há muito embaraço neste trabalho, um vai e vem de notas técnicas e pareceres;

– Enquadramento dos servidores da SEPLAN;

– Transposição dos aposentados e pensionistas – pessoas idosas que precisam de atenção e da transposição, haja vista o direito assegurado na Lei nº 13.681/2018.

Enfim, são várias demandas funcionais que carecem da atenção da Comissão Especial dos Ex-Territórios Federais de Rondônia, do Amapá e de Roraima – CEEXT, dos parlamentares de Rondônia e do Ministério da Economia.

Embora acredite e tenha esperança no potencial da nova comissão da CEEXT, o Sindsef/RO permanece atento na cobrança pelos direitos dos servidores que aguardam a transposição e pela justiça aos servidores prejudicados após enquadramento.

 

PORTARIA DE NOMEAÇÃO NOVA PRESIDÊNCIA E COMISSÃO DA CEEXT