SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia Presidente da Funasa confirma recebimento da petição protocolada pelo Força Tarefa do Sindsef em Brasília – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
domingo , setembro 25 2022
Home / Notícias / Destaque / Presidente da Funasa confirma recebimento da petição protocolada pelo Força Tarefa do Sindsef em Brasília

Presidente da Funasa confirma recebimento da petição protocolada pelo Força Tarefa do Sindsef em Brasília

A petição protocolada pela Força Tarefa do Sindsef/RO na quinta-feira (27/05), em Brasília, que buscar requerer o retorno das rubricas dos 26% e 84% de planos econômicos dos servidores já está nas mãos do presidente da Funasa Coronel Giovane Gomes, segundo ele mesmo confirmou ao deputado federal Expedito Netto, que intermediou a reunião no órgão e também no Ministério da Saúde.

De acordo com o deputado Expedito Netto, o presidente do Funasa disse que já está com a solicitação em mãos e fará de tudo para atender o pedido do Sindsef/RO.

A Força Tarefa do Sindsef/RO esteve em Brasília, onde o secretário de Saúde do Sindsef/RO, Almir José da Silva e o advogado Felippe Pestana, do Escritório Fonseca & Assis participaram de reuniões nos Ministérios da Saúde e Funasa, cumprindo assim, as medidas adotadas pelo sindicato para reverter a decisão de subtração das rubricas.

No Ministério da Saúde, a reunião foi realizada com o Secretário-geral de Controle de Pessoal do Ministério da Saúde, Ademir Lapa. Ficou acertado que tudo que foi debatido será encaminhado via Sistema Eletrônico de Informações (SEI), para análise e deliberação sobre o assunto de forma técnica e observando cada uma das peculiaridades e também que será agendado um retorno para avaliar a evolução da discussão.

O Sindsef/RO permanece atento as essas questões e paralelamente está ingressando com medidas judiciais na Justiça do Trabalho, junto ao juiz natural do processo, pedindo para que se faça cumprir a coisa julgada por entender que não há ato administrativo passível e possível de retirar o direito já garantido de pagamento das rubricas de planos econômicos.