SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia Presidente do Sindsef faz visita ao INCRA em Porto Velho – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
domingo , junho 26 2022
Home / Notícias / Destaque / Presidente do Sindsef faz visita ao INCRA em Porto Velho

Presidente do Sindsef faz visita ao INCRA em Porto Velho

Em visita a Superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA em Porto Velho, na segunda-feira (3), o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia – Sindsef, Daniel Pereira, confirmou que o Sindsef vai apoiar a INCRA na mobilização dos servidores do Estado de Rondônia transpostos para o quadro federal, que tenham interesse em serem cedidos ao instituto e dar continuidade em suas carreiras públicas com atividades em campo.

Na última semana, o Governo Federal autorizou o Instituto a receber os servidores transpostos e com isso, suprir com a necessidade de servidores no INCRA, possibilitando assim, uma atuação mais efetiva, nas áreas de conflito agrário em Rondônia.

_dsc0662-800x530

Na oportunidade, Daniel Pereira foi recebido por uma comissão técnica de servidores, liderada pelo superintendente do INCRA/RO, Cletho Muniz de Brito e pelo presidente da ASSINCRA (Associação dos Servidores do Incra), Wilton Marques. Na reunião, o superintendente expôs as demandas e a situação deficitária do órgão, principalmente de recursos humanos.

O presidente anunciou que o Sindsef vai iniciar uma campanha de convocação e divulgação da possibilidade nos meios seus meios de comunicação e na imprensa. O sindicato irá ainda realizar um levantamento dos servidores interessados e que atendam ao perfil, nos municípios onde o INCRA possui unidades, ou seja, em Porto Velho, Guajará-Mirim, Ariquemes, Machadinho D’Oeste, Ji-Paraná, Pimenta Bueno e Colorado.

_dsc0686-800x530

Podem se candidatar servidores de Nível Superior e de Nível Médio das áreas técnicas de engenharia agrônoma, engenharia agrícola, engenharia civil, engenharia florestal, cartografia e geoprocessamento, geólogos, georreferenciador, técnicos agrícolas, técnicos de cadastro rural, técnico de administração, desenhistas, contabilidade, psicologia, letras, direito, informática, motoristas, entre outros.

A previsão é que o início do processo de recepção dos currículos possa iniciar após o dia 10 de outubro. Tal procedimento será amplamente divulgado.