SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia SINDSEF busca solução para Servidores com duplicidade em processos de 28% – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
quarta-feira , agosto 10 2022
Home / Notícias / Destaque / SINDSEF busca solução para Servidores com duplicidade em processos de 28%

SINDSEF busca solução para Servidores com duplicidade em processos de 28%

 

Na hora da execução do processo de 28% dos servidores da Funasa o escritório de advocacia que cuida da causa detectou a existência de servidores com litispendência (que possui ações com outros advogados), sendo retirados do processo do Sindsef,  mas não receberam também no outro processo que se encontram.

 

Existem servidores que nada receberam porque a ação protocolada posteriormente à do Sindsef foi feita em período que o direito deles já estaria prescrito, recebendo sentença de improcedência, com resolução de mérito. Também existem servidores que não receberam nada pelo fato do advogado ter entrado com ação contra a União, quando deveria ter entrado contra a Funasa.

 

O escritório da Dra. Sandra Pedretti promoveu uma minuciosa busca para identificar todos os casos, apresentando a listagem que se encontra abaixo, que devem ser excluídos do processo em execução.

 

O escritório que presta serviços jurídicos ao Sindsef, Fonseca & Assis, está buscando um meio para não permitir que os servidores que estão nas situações acima descritas fiquem prejudicados.

 

Diante a situação disponibilizamos a relação dos servidores que não possuem litispendência e aqueles que possuem mais de uma ação para o mesmo fim. Caso o filiado não esteja em nenhuma das relações e também seja caso de litispendência, favor entrar em contato com o Sindsef, até o dia 14.06.2013, através do e-mail pereiradaniel40@uol.com.br, comunicando o número do processo que ele se encontra.

 

Finalmente, cabe informar que somente os servidores que não fizeram acordo administrativo têm direito de buscar judicialmente os valores referentes aos 28%.

 

 

 

A DIRETORIA EXECUTIVA

 

SINDSEF