SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia SINDSEF INFORMA: CAIXA LIBERA PAGAMENTO DA GEAD PARA 657 PROFESSORES QUE ESTAVAM COM VALORES BLOQUEADOS – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
segunda-feira , setembro 2 2019
Home / Notícias / Destaque / SINDSEF INFORMA: CAIXA LIBERA PAGAMENTO DA GEAD PARA 657 PROFESSORES QUE ESTAVAM COM VALORES BLOQUEADOS

SINDSEF INFORMA: CAIXA LIBERA PAGAMENTO DA GEAD PARA 657 PROFESSORES QUE ESTAVAM COM VALORES BLOQUEADOS

O Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia – Sindsef/RO informa que conforme prazo previsto, a partir desta segunda-feira, 02 de setembro, encontram-se disponíveis para saque, os valores das RPVs (Requisição de Pequenos Valores), dos 657 professores que estavam com as contas bloqueadas na Caixa Econômica Federal Caixa em Rondônia.

CLIQUE PARA CONFERIR OS 657 NOMES DOS BENEFICIÁRIOS

De acordo com a Superintendência Regional da Caixa em Rondônia, as contas estavam bloqueadas devido o STJ (Superior Tribunal de Justiça) ter enviado o valor total da GEAD, sem diferenciar o valor liberado do valor de correção/juros que ainda é motivo de discussão no STF – Supremo Tribunal de Federal. Além disso, que o sistema CAIXA/SERPRO (Serviço Federal de Processamento de Dados) não permite o bloqueio parcial das contas e por esse motivo, a liberação precisou ser realizada manualmente, conta por conta.

Para entender os motivos dos bloqueio dos pagamentos da ação, a Diretoria do Sindsef/RO e assessoria jurídica, por meio do advogado Raul Fonseca realizaram diversas diligencias junto a Superintendência Regional da Caixa, solicitando esclarecimentos e previsão para solução do problema, que gerou inúmeros boatos infundados quanto aos motivos do bloqueio.

ENTENDA PORQUE PARTE DO VALOR CONTINUA BLOQUEADA

Apesar do desbloqueio pela CAIXA, apenas o valor principal da Gead está liberado, sendo que outra parte permanece retida, em nome de cada beneficiário, até que o índice de correção seja decidido pelo STF. Sendo esse exclusivo motivo, a não liberação da Caixa do valor integral.

O Sindsef/RO ainda esclarece que qualquer outra informação diferente da hora apresentada é fruto de desconhecido ou má fé de quem tenha interesse de causar danos e transtornos na já difícil vida dos servidores do ex-Território de Rondônia.