SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia Sindsef na mídia – Presidente Mário Jorge faz balanço da gestão em entrevista ao jornal Informa na Hora – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
domingo , outubro 2 2022
Home / Notícias / Sindsef na mídia – Presidente Mário Jorge faz balanço da gestão em entrevista ao jornal Informa na Hora

Sindsef na mídia – Presidente Mário Jorge faz balanço da gestão em entrevista ao jornal Informa na Hora

Na manhã desta quarta-feira (11), o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia – Sindsef/RO, Mário Jorge Souza de Oliveira, concedeu entrevista ao jornalista Fábio Camilo, na programação do Sistema de Rádio e TV Informa na Hora. Mário Jorge fez um balanço da atuação do sindicato na atual gestão e destacou as diversas frentes de trabalho e desafios da entidade.

As inovações na área da comunicação para aproximar o sindicato de seus filiados, com a implantação da Rádio e TV Sindsef na internet, a estrutura do Sindsef em Porto Velho, das Coordenações Regionais nos 20 municípios e a campanha de recadastramento de filiados do Sindsef, foram os temas iniciais da entrevista.

O presidente do Sindsef informou que dentre as primeiras medidas adotadas em sua gestão, foram implantadas reuniões de trabalho mais constantes com a Diretoria Executiva e com o Sistema Diretivo, para que somadas as reuniões ordinárias e extraordinárias que já ocorriam conforme o estatuto, pudessem ser deliberados com mais agilidade às demandas de interesse dos filiados.

Sobre o atual cenário político e administrativo que enfrentam os servidores públicos, Mário Jorge enfatizou a luta sem precedente que o sindicato vem travando contra os ataques do governo federal. Citou os resultados positivos da atuação da Força Tarefa que tem buscado apoio junto aos parlamentares federais de Rondônia para destravar as diversas demandas que o sindicato vem cobrando há anos.

A Força Tarefa do Sindsef, luta para acelerar o pagamento da GEAD e do Imposto de Renda da Isonomia, que atualmente está aguardando posicionamento da PGFN, que no final de junho solicitou 30 dias para dar parecer sobre o acordo com a União. Por meio da Força Tarefa, portas também foram abertas no Ministério da Saúde, Funasa, Ministério da Economia, PGFN e Caixa Econômica Federal.

O Sindsef tem organizado tratativas junto aos estados de Roraima e Amapá para requerer direitos aos servidores dos ex-Territórios. Tratativas que já surtem resultados positivos, dentre eles, Mário Jorge citou a indicação de decreto para reabertura do prazo de opção para a carreira do EBTT, apresentada pelo senador Marcos Rogério (RO). Ao falar sobre transposição, Mário Jorge destacou que o sindicato têm travando lutas para resolver várias situações, como a correção de enquadramento de NA para NI, progressões, indeferimentos dos aposentados e pensionistas, professores leigos, dentre outros.

A retirada das rubricas dos planos econômicos dos servidores e a frente de trabalho do Sindsef que está recorrendo na justiça para reverter essa decisão e devolver o direito dos servidores já adquirido há mais de 30 anos, os impactos da PEC 32 para atuais e futuros servidores públicos que vem engessar o serviço público ao invés de cortar privilégios e a PEC que parcela pagamentos precatórios da União em até 10 anos, também foram temas abordados na entrevista do presidente do Sindsef, Mário Jorge ao jornalista Fábio Camilo.