SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia Sindsef participa em Luziânia-GO da campanha salarial 2015 – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
sexta-feira , dezembro 2 2022
Home / Notícias / Destaque / Sindsef participa em Luziânia-GO da campanha salarial 2015

Sindsef participa em Luziânia-GO da campanha salarial 2015

 

O Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Rondônia (Sindsef) participou no período de 21 a 23 no município de Luziânia-GO, juntamente com 25 delegados e os diretores Daniel Pereira (Presidente), Maria Aparecida (Vice-presidente), Eliete Azevedo (Administração), Eva Bezerra (Capital e Interior), Edna Chagas (Previdência e Trabalho) e Antônio Neves (Formação Sindical) de debates, avaliação do setor público e das demandas urgentes da maioria dos servidores do executivo. No total foram 500 representantes de diversas categorias de todo o país que participaram dos trabalhos com encontros setoriais dos departamentos da Condsef. Rondônia, compareceu com os departamentos dos aposentados, ex-território, saúde, que discutiu amplamente a questão dos intoxicados da Funasa, tendo o presidente da entidade, Daniel Pereira, na quinta-feita,20, participado no Sindicato dos Servidores Públicos Federais do Distrito Federal, de uma reunião discutindo o tema intoxicados e a importância da Confederação dos Servidores Públicos Federais (Condsef) encampando a campanha em favor da categoria.

Em Luziânia, todos os departamentos e os setores discutiram os problemas relacionados a sua categoria e foi encaminhado para discussão e aprovação do plenário da entidade com o resumo e entendimento das discussões setoriais.

A plenária também discutiu as sugestões que foram levantadas durante o seminário do fórum em defesa dos servidores e serviços públicos, entre elas um calendário de atividades já para o primeiro bimestre de 2015. Em janeiro o fórum volta a se reunir para consolidar propostas consensuais que farão parte da luta dos federais ao longo do próximo ano. Continuam como consenso bandeiras de luta que defendem política salarial com correção de distorções e reposição de perdas inflacionárias; a busca por uma data-base para a categoria; o direito à negociação coletiva; a paridade entre ativos, aposentados e pensionistas; a retirada de projetos do Congresso Nacional que atacam os direitos dos servidores; a aprovação imediata de projetos de interesse da categoria; além da isonomia em benefícios como auxílio-alimentação e plano de saúde.

Num primeiro momento há a intenção de garantir a construção de uma pauta emergencial e batalhar espaços oficiais de diálogo entre entidades dos servidores e a equipe de transição do governo. Dessa forma espera-se buscar avanços em diálogos que já estavam sendo travados ao longo dos últimos quatro anos, preparando o terreno para os desafios que seguem na ordem do dia para os trabalhadores do setor público. A participação ativa dos servidores da base da Condsef nesta plenária foi encarada como ponto extremamente positivo. Os próximos anos não serão fáceis para o setor público e a mobilização e unidade serão diferenciais no caminho em busca de avanços para assegurar melhorias urgentes que o setor público exige.