SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia Sindsef Rondônia denuncia diretores da Condsef por fraudes – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
domingo , julho 3 2022
Home / Notícias / Destaque / Sindsef Rondônia denuncia diretores da Condsef por fraudes

Sindsef Rondônia denuncia diretores da Condsef por fraudes

O Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia – Sindsef/RO, conseguiu, após intensa discussão nos grupos de trabalho e posição contraria da direção da Condsef, levar ao conhecimento da plenária do XII Congresso, as acusações contra os diretores da confederação, Josemilton Costa e Pedro Armengol (gestão 2010/2013). O recurso apresentado na plenária pelo presidente do Sindsef/RO, Daniel Pereira, pedia a revisão das penas aplicadas aos diretores e o veto a possível candidatura a reeleição dos mesmos à diretoria da entidade para o próximo triênio 2017/2020.

Confira mais fotos da Plenária

_dsc0033

A proposta provocou intensa discussão e acirrou os ânimos na plenária geral. Apesar de causar intensa indignação, por força da combinação de voto nas chamadas “correntes”, o recurso não conseguiu os votos necessários para ser aprovado.

De acordo com o delegado do Sindsef/RO e membro do conselho fiscal da Condsef, Herclus Coelho, a delegação de Rondônia, não se sentiu derrotada, ao contrário, sente-se com a sensação de dever cumprido e, por isso, permanece de cabeça erguida por ter seguido as normas de caráter, moralidade e dignidade.

“Percebeu-se uma clara blindagem aos diretores da Condsef, envolvidos em desvio de dinheiro da entidade, conforme consta de relatório investigativo da própria entidade”, ressaltou Herclus.

_dsc0040

Segundo o diretor de Assuntos Jurídicos do Sindsef/RO, Paulo Vieira, a delegação se sente vitoriosa, pois esse ponto de pauta jamais seria debatido ou discutido pelo congresso, haja vista que o tema já havia sido dado como encerrado. A delegação não se intimidou e possibilitou que hoje todos os congressistas saibam com detalhes o que realmente aconteceu na Confederação.

_dsc0054

O Sindsef/RO contou com apoio de muitos delegados que também não concordam com a “penalidade de advertência escrita” aplicada aos diretores declarados culpados das imputações contra eles apresentadas, principalmente porque isto significaria apenas parte da pena, considerando que teriam que ressarcir todos os prejuízos causados. Prejuízos que somente para Sindsef-RO chega ao valor  aproximado de R$ 60.000,00, decorrente a superfaturamento de passagens.

Confira recurso na integra:

Ilustríssimo Senhor Presidente da Confederação dos Servidores Públicos Federais – Condsef

O Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia – Sindsef/RO, por seu presidente que abaixo subscreve, com fulcro no artigo Quinto, incisos II e III,  do Estatuto da Condsef, vem, muito respeitosamente,  perante os delegados do XII Congresso da Condsef, instalado em Cuiabá/MT, nos termos abaixo:

  1. A) Como é de domínio público, ocorreu recentemente uma plenária nacional para apurar irregularidades cometidas pelos Diretores Josemilton Costa e Pedro Armengol, na gestão 2010/2013,  que após minucioso relatório de irregularidades, foram declarados culpados das imputações contra eles apresentadas, que dentre outras, ao Diretor Pedro Armengol foi imputada a acusação comprovada de ter passado suas atribuições como diretor financeiro da Condsef, no que foi acompanhado pelo Diretor Josemilton Costa, na condição de Secretário Geral, a então funcionária do setor financeiro da Condsef, que obteve desses dirigentes plenos poderes para usar como que fosse conveniente, causando prejuízos diversos à nossa instituição e às suas afiliadas.
  2. B) Por si, essa situação, diante dos prejuízos causados, já mereceria sanção rigorosa, pois transferiram suas prerrogativas a terceiros, alheios aos eleitos em Congresso estatutário dessa entidade, mas infelizmente, os problemas não param por aqui.
  3. C) Além da grave infração acima, ao Diretor Josemilton Costa, restou demonstradas inúmeras outras acusações, que causaram prejuízos à Condsef e às suas afiliadas. Como exemplo, apresentamos os casos de ressarcimentos indevidos, que imputa ao diretor aqui citado a devolução da quantia de R$ 173.000,00, a titulo de ressarcimentos de seus ilícitos.D) Além dessa situação absurda, ficou comprovado que o Diretor Josemilton Costa, de conluio com a agência de turismo que emitiu as passagens para o último Congresso da Condsef, realizado no Ceará, em 2013, as quais foram todas superfaturadas, para pagamento de suposta dívida, que não se aclareou ser dívida da entidade ou pessoal do dirigente supracitado.D) Independente se de dívida pessoal  ou da entidade, a verdade é que o Diretor Josemilton Costa, com a complacência do Diretor Pedro Armengol, causou prejuízos a todas as entidades filiadas. O Sindsef/RO, por exemplo,  teve prejuízo na compra das passagens dos cento e cinquenta delegados ao citado congresso.
  4. E) É também de conhecimento público que a atual diretoria da Condsef ajuizou ação civil em face da agência de viagens para ressarcir os danos às entidades prejudicadas. E contra o Diretor Josemilton Costa e Pedro Armengol, responsável diretamente ou co-responsável pelo dano??? Qual a providência administrativa ou de qualquer natureza foi adotada para ressarcir aos prejudicados?? No presente caso todas as passagens emitidas para o Congresso do Ceará.  São aproximadamente duas mil passagens aéreas superfaturadas em prejuízo de cada afiliada da nossa confederação.
  5. F) Diante do presente Congresso, devido à indignação coletiva, demonstrado nos grupos de trabalho realizados ontem,  ficou demonstrado que os delegados, majoritariamente, exigem que o assunto seja tratado, com rediscussão da pena anteriormente aplicada, inclusive com a proibição desses diretores poderem ser novamente eleitos, pois isso seria uma imoralidade inaceitável, pois o patrimônio da Condsef, formado majoritariamente pela contribuição de suas afiliadas, poderão continuar a ser gerida por pessoas negligentes, com total falta de compromisso político e ético para gerir esse bem que nos é tão caro.

Diante aos fatos, com base em nosso estatuto, conforme supracitado, requeremos que seja trazido ao plenário do soberano Congresso que ora se realiza, em grau de recurso, para conhecimento das acusações contra os diretores supracitados e a revisão das penas aplicadas, além de outras que o plenário entender necessárias e cabíveis.

A todos o direito e a justiça dos trabalhos.

Pelo fim da impunidade.

CUIABÁ, 06.12.2016.

Daniel Pereira
Presidente do Sindsef/RO