SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia Sindsef Rondônia integra chapa da moralização para concorrer à direção da Condsef – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
domingo , agosto 7 2022
Home / Notícias / Destaque / Sindsef Rondônia integra chapa da moralização para concorrer à direção da Condsef

Sindsef Rondônia integra chapa da moralização para concorrer à direção da Condsef

Registrada como chapa 1 – Condsef é para lutar – o Sindsef Rondônia conjuntamente com o Sindsep Pará e alguns delegados do Rio Janeiro, Acre, Ceara,  que estão insatisfeitos com a atual gestão, concorre a eleição para a direção da Condsef – Confederação dos Trabalhadores Federais no Serviço Público Federal. O processo eleitoral acontece na tarde desta quarta-feira (7), durante o XII Congresso da Condsef, em Cuiabá.

_dsc0170

Ao apresentar a chapa, o presidente da Sindsef/RO, Daniel Pereira, afirmou que Rondônia mantém a decisão de acreditar e defender o que é correto. Segundo ele, a chapa defende dois pontos bases:

1 – Transparência na prestação de contas. “A Condef não pode ser governada por procuração, como fez a gestão de 2010/2013”, disse.

2- Compromisso com as lutas de todas as categorias do serviço público federal.

O tempo de defesa da chapa na Plenária foi divido com as delegadas do Pará, Tatiana Carepa e Neide Solimões.

Tatiana lembrou que é momento de unir a categoria para enfrentar o governo que tenta retirar os direitos dos trabalhadores. Afirmou ainda que acabou o voto de ‘cabestro’ e que é preciso renovar as coisas que precisam ser melhoradas.

Neide Solimões destacou que o papel da confederação é encaminhar a luta da categoria e assim derrotar o plano do Governo Temer de acabar com o serviço público e aprovar a terceirização. Ela citou os prejuízos com a aprovação da Reforma da Previdência, que iguala idade de aposentadoria de homens e mulheres e de trabalhadores da cidade e do campo.

A chapa é a favor da convocação de greve geral e de uma gestão transparente e honesta que não roube dinheiro dos filiados para enriquecimento ilícito.