SINDSEF - Sindicato dos Servidores Federais do Estado de Rondônia Sindsef/RO participa de manifestação contra o aumento abusivo da tarifa de energia – SINDSEF – Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia
terça-feira , fevereiro 26 2019
Home / Notícias / Noticias da semana / Sindsef/RO participa de manifestação contra o aumento abusivo da tarifa de energia

Sindsef/RO participa de manifestação contra o aumento abusivo da tarifa de energia

Diretores, funcionários e delegados de base do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia – Sindsef/RO participaram do protesto contra o aumento da tarifa de energia em Rondônia nesta sexta-feira (15) no Centro de Porto Velho. Várias entidades do Estado estiveram juntas para protestar contra o reajuste que em alguns casos pode chegar a 27,5%, conforme decisão autorizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

De acordo com o vice-presidente do Sindsef, Professor Mário Jorge, o reajuste na tarifa é um abuso e desrespeito à população do estado, que comporta duas hidrelétricas onde gera energia para o Brasil e pagamos caro pelo nosso consumo, um verdadeiro assalto.

Um abaixo assinado está sendo mobilizado para manifestar a indignação contra a Aneel, que autorizou uma tarifa de energia elétrica que desestimula todos os setores produtivos do estado, inclusive a classe de sindicatários. O sindicato apoia a causa social e defende os direitos do trabalhador rondoniense.

Representantes da bancada parlamentar de Rondônia estiveram presentes no ato, afirmando compromisso com o povo para derrubar a liminar que possibilitou o abuso na tarifa. No interior do estado também ocorreu manifestações com a presença dos funcionários e coordenadores das delegacias municipais do Sindsef.

Novas manifestações estão sendo organizadas nos próximos dias para pressionar a Central Elétrica de Rondônia que enviou nota a imprensa justificando cumprir apenas uma decisão judicial que autorizou o aumento, citando o valor de R$ 25 como base do retroativo, fato desmentido por vários consumidores que levaram seus comprovantes de leitura da energia que quase dobraram comparados ao mês anterior.